Meditação Moderna

 

Quando ouvimos falar de meditação é quase inevitável não chegar à nossa mente imagens de monges com um ar tranquilo demonstrativo de grande sabedoria, podendo a nossa mente ligar a uma ou outra religião, mas mesmo assim a percepção de tranquilidade e sabedoria fica presente. De seguida a nossa mente julgadora ou invejosa lança uma série de razões por não termos a tal serenidade ou sabedoria e rapidamente voltamos a ligar o nosso piloto automático e alimentar a mente com uma qualquer distração.

A meditação moderna que se dá pelo nome de Mindfulness traz recursos aplicáveis ao mais comum dos seres humanos para permitir que o "Piloto Automático" seja desligado por alguns momentos do dia, permitindo assim sentir e sair do ciclo vicioso da mente.

Este ciclo vicioso da mente é provocado pela velocidade e exigência que a sociedade moderna coloca no ser humano, uma pressão que leva a uma preocupação constante, uma ansiedade crescente, uma necessidade de distração constante, enfim a uma mente saltitante que não consegue parar. 

Parar...

Parar, parece simples, no entanto não é, pois ao contrário dos monges, a maior parte de nós não vive em ambientes de serenidade completa, ou rodeados de natureza, invés desse ambiente temos barulho de vizinhos, tarefas infindáveis sejam profissionais ou familiares, trânsito, contas para pagar, etc. etc etc

A meditação moderna ou Mindfulness não é nenhuma receita milagrosa para deixar de sentir preocupação, stress ou sofrimento, é no entanto aquilo que temos de mais próximo para treinarmos a nossa mente, por forma a ganharmos mais espaço para entrarem outras opções de escolha na nossa vida.

 

António Costa

Mindfulness